Para tudo! O mundo está se tornando um lugar perigoso e inóspito

Acabei de ver imagens de pessoas se sufocando com o gás expelido na guerra da Síria…
O que é isso? Para quê tudo isso? O que acontece lá? É algum experimento de falta de humanidade em larga escala? Treinam com o povo sírio como dizimar os povos em pouco tempo com o máximo de crueldade?
O mundo está se tornando um lugar extremamente perigoso. Estão tornando o planeta um lugar improvável para a vida. O pior é que aqueles que lideram esta corrida contra a vida são minoria… Nesses momentos enxergamos a nossa incapacidade de reagir como um organismo vivo… estamos morrendo naquilo que nos torna únicos e preciosos… nossa humanidade.
O mundo está em constante convulsão e movimento. Nunca vivemos um momento de paz em todos os recantos do planeta Terra ao mesmo tempo. Em um lugar ou outro sempre há conflitos. Mas, o que temos visto tem alcançado tão larga escala e constância, em tantos lugares, com tantas mortes e crueldades… que pensamos, talvez, seja o momento de pararmos tudo!!
Parem! Parem as máquinas! Parem o trânsito! Parem as escolas! Parem o que quer que estejam fazendo e não façam nada!! Ninguém, em nenhuma parte do planeta!!… simplesmente parem tudo… cessem os tiros, as vendas, as compras… não precisam fechar nada, simplesmente parem todo o movimento praticado pela humanidade… e percebamos… o mundo continua girando… a natureza continua seu fluxo… a vida na Terra independe de nós…
Tudo o que construímos e destruímos não são necessários para o planeta. Nós precisamos dele, ele não precisa ‘de’ gente. Então, porque, caramba, continuamos com essa sanha canibalesca, capitalista, de querer destruir o outro, destruir o que é do outro para achar que, com isso, podemos existir melhor, como se o outro também não tivesse direito à existência?!
Sabemos que onde há luz também existe a sombra. É hora da sombra ser recoberta pela luz, que sejamos capazes de enxergar, refletir e refluir o que de bom existe e reside em cada um de nós. Nas pequenas coisas, nas pequenas ações, no dia a dia, no nosso entorno, para que, assim, a partir desses pequenos atos o mundo possa se reconstruir e essa rede possa remontar e recontar a história que estamos construindo para nós hoje, porque se continuarmos assim… não haverá muito amanhã para ser vivido e muito menos compartilhado com as futuras gerações.
Somos maioria. Somos capazes. Precisamos reconectar-nos com o que existe de precioso em cada um de nós.
Não vivemos momentos fáceis no Brasil também. Novamente é uma minoria que está tornando nosso país infeliz e retrocedendo de forma alarmante a sociedade para a saciedade da voracidade do capital sobre os ganhos sociais conquistamos a duras penas até aqui. É hora de parar. Parar de aceitar que as coisas são como são, porque se estão assim foram tornadas por “alguéns” com interesses de uma minoria em detrimento de uma maioria… que somos nós. Parem o mundo. Vamos recomeçar… senão, iremos todos parar… mas no fundo do poço!!

Por Carlos Mani – Ator e facilitador em cursos de desenvolvimento humano

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s